RSS

As diferenças entre um tradutor e um intérprete

13 Maio

A tradução e a interpretação têm muito em comum, mas há vários fatores que as diferenciam.

Ao contrário do que muita gente pensa, esta é uma questão muitas vezes colocada e à qual nem toda a gente sabe responder.

A maioria das pessoas pensam que ambos traduzem, mas na realidade não é bem assim. O tradutor traduz textos escritos enquanto o intérprete interpreta discursos orais. Esta é a primeira grande diferença entre o tradutor e o intérprete.

O tradutor pode traduzir textos de livros, documentos, revistas, jornais podendo estes ser de vários géneros, por exemplo, literários, técnicos, científicos, etc. Além disto tudo, o tradutor pode também traduzir legendas de filmes, desenhos animados, entrevistas e programas audiovisuais a fim de poderem ser dobrados ou legendados. Já o intérprete interpreta, no momento, um discurso oral entre duas pessoas que falam uma língua distinta.

  • Os principais tipos de tradução são:

– A tradução técnica: consiste na tradução de um documento de área específica. Neste caso, o tradutor tem de ter o conhecimento especializado da terminologia usada, como por exemplo, na área da informática, siderurgia, metalurgia, ecologia, engenharia civil, etc.

– A tradução científica: este tipo de tradução é utilizada na área da medicina, química, física, etc. O tradutor traduz textos envolvendo termos de consentimento informado, de pesquisa médica, odontologia, fisioterapia, psicologia, etc.

– A tradução jurídica: neste caso, o tradutor trabalha com documentos legais, ou seja, contratos, cerrtidões, procurações, leis e outros textos realizados por autoridades ou pelo corpo legislativo.

– A tradução comercial: é a tradução de textos de transações comerciais, relatórios, reportagens, etc.

– A tradução literária: o tradutor lida com obras literárias, ou seja, traduz livros, contos, artigos de ficção, etc.

  • Os principais tipos de interpretação são:

A interpretação de acompanhamento: O intérprete acompanha o seu cliente e interpreta os diálogos que ele realiza e os que lhe são emitidos por interlocutores de uma língua estrangeira.

A interpretação judicial: Interpretação realizada em julgamentos.

– A interpretação de conferência: Interpretação realizada em reuniões multilíngues tais como, congressos, seminários, conferências, mesas-redondas, encontros ou jornadas. Dependendo do tipo de reunião, o intérprete pode optar por dois métodos de trabalho: interpretação consecutiva (Ideal para pequenas reuniões: poucas línguas e poucos participantes. O intérprete coloca-se ao lado do discursador e, enquanto este fala, o intérprete tira apontamentos para depois interpretar na outra língua a totalidade do discurso na primeira pessoa) e a interpretação simultânea (Ideal para grandes encontros. Neste caso existem dois intérpretes que estão dentro da mesma cabina, com auscultadores e microfones para ouvirem os falantes e, imediatamente de seguida, transmitem o discurso numa outra língua para os ouvintes). Este tipo de interpretação é muito mais desgastante pois não podem perder o ritmo da conversa, daí a necessidade de haver dois intérpretes por cabina.
Na tradução, temos mais tempo para pensar, formular as frases, corrigir erros, fazer pesquisas, mesmo se muitas vezes o prazo limite é bastante curto. No que diz respeito à interpretação, temos de traduzir na hora, ou seja não temos aquele tempo para reflexão ou para análise das palavras. Podemos descrever a interpretação como sendo uma tradução imediata. Esta é muito mais desgastante. Por isso que, quando estão os intérpretes nos congressos ou conferências formais, os intérpretes mudam de meia em meia hora.

Para traduzir não basta ter um bom dicionário ou ter conhecimento de uma certa língua, tem de haver por detrás uma formação. Por exemplo, uma pessoa que saiba falar corretamente outra língua estrangeira não tem necessariamente capacidade de saber traduzir.

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Maio 13, 2012 em Geral

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: